Olhar para o passado e para o futuro embasa o planejamento no presente

Olhar para o passado e para o futuro embasa o planejamento no presente

Um pensamento comum no meu tempo de criança afirmava que “conhecimento não ocupa espaço”, mas não significa que não é trabalhoso conquistá-lo…

Olhar para o passado e para o futuro embasa o planejamento no presente. Lembrando disto, mexemos no arquivo de postagens publicadas nos meses de abril de 2014 a 2018. Os temas são variados e propõem um leque de possibilidades para refletir:

  • O que pensamos nos meses de abril para fazer as postagens do Tempo de Creche?
    Quais temas nos envolveram?
    A preocupação maior foi a criança!
    Pensamos nelas o tempo todo, mas o olhar foi estendido para as diferentes dimensões do fazer pedagógico…Organizamos as postagens procurando agrupá-las por temas e, assim, facilitar o acesso aos conteúdos que lhe provoquem:
  • Diversidade,
  • A escola e o seu entorno,
  • Ampliação cultural,
  • Relação criança-adulto,
  • Aprofundando a formação,
  • Aprimoramento profissional,
  • Planejamentos e
  • Recursos.

Começamos pelo papel da coordenação em sua função de formadora:

As postagens que refletem a necessidade de um aprimoramento profissional:

Para alimentar a discussão, as seguintes postagens ajudam relatando outras experiências para inspirar:

Com as postagens da série Diálogos sobre relações o foco da ação se amplia, levando em consideração as famílias e a preocupação de pensar a escola e o seu entorno:

Na busca de um olhar sensível às necessidades do(a) professor(a), uma atenção maior relativa ao processo de planejamento foi abordada nas postagens a seguir:

Conhecer a criança para melhor planejar é outro aspecto que foi abordado nas postagens que se seguem:

Disponíveis ao professor, como recursos e no intuito de enriquecer as possibilidades das propostas as postagens a seguir trazem a ampliação de repertório de materiais:

E os assuntos continuam nas postagens a partir da relação criança-adulto e criança-criança:

Postagens referentes à ampliação cultural garantem o lúdico, o pertencimento e a inclusão:

Por outro lado, uma reflexão sobre a cultura tão rica e diversa não poderia ser esquecida:

As postagens a seguir apresentam o conteúdo do livro Educação Infantil: um mundo de janelas abertas, publicado em 2018, aprofundando a formação dos professores:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.