Instrumentos de planejamento, registro e reflexão: construa o seu!

Instrumentos de planejamento, registro e reflexão: construa o seu!

Temos sugerido uma série de instrumentos para ajudar o professor a planejar, observar, registrar e refletir sobre a prática pedagógica, as aprendizagens, as necessidades e os interesses das crianças. Nesta postagem não vamos dar o peixe, vamos ensinar a pescar! Como fazemos nas nossas formações, trabalhamos com as equipes pedagógicas a partir de uma lista de possibilidades para construir instrumentos metodológicos personalizados. Compartilhamos com os leitores do Tempo de Creche três listas para inspirar a elaboração de instrumentos que dialoguem com o contexto e os diferentes jeitos de ser professor.

Arquivo com itens para construção dos instrumentos metodológicos.

As tabelas sugerem roteiros para orientar o planejamento de atividades, focos da observação (pauta do olhar), itens para registrar e algumas dicas para mergulhar na reflexão. Utilize o conteúdo aproveitando, modificando ou  desconsiderando as sugestões que não achar adequadas.

Madalena Freire defende que o uso dos instrumentos metodológicos exige disciplina e exercício, por isso, pode começar aos poucos, com propostas simples e diretas, e ir ficando mais complexo à medida a equipe pratica.

A coordenadora Silvana Barbosa de Moura, do CEI Santa Marina, SP, construiu e testou com a equipe diversos instrumentos até encontrar um formato que facilitasse o uso e favorecesse a melhoria da qualidade da ação pedagógica. Os instrumentos ajudaram as professoras a planejar atividades com organização e intenção pedagógica, a registrar as práticas com foco nos objetivos previstos e na escuta da criança, e a encaminhar trilhas de aprendizagem. Com isso, as professoras buscam aprofundar as aprendizagens e dar continuidade às pesquisas das crianças.

Ao trabalhar com cada professora da creche, Silvana criou um caderno personalizado que reúne todos os instrumentos. Depois de definir os roteiros, ela xerocou folhas de planejamento (de atividades e de rotina), de registro e de percurso para a reflexão. A equipe preferiu colar os instrumentos nas folhas dos cadernos conforme o andamento das propostas, respeitando o ritmo e o volume dos registros. Desse modo, todas as informações ficam à mão, e são acessadas a qualquer momento.

Se a escola tiver disponibilidade e a equipe preferir, para não ter o trabalho de ficar colando papeis, sugerimos xerocar os instrumentos, organizar as folhas alternadamente e depois encadernar com espiral – em geral, as copiadoras fazem este tipo de serviço. É importante não esquecer de deixar espaço em branco para fotos e anotações das surpresas que a educação infantil sempre proporciona. Bom trabalho!

15 comments

Olá, Jaqueline. O link “funcionou”, sim, depois de solicitar que abrisse em uma nova guia… Você pode tentar mais uma vez? Qualquer dúvida, entre em contato! Abraço

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.