Que tal trabalhar autocuidado, higiene e solidariedade?

Que tal trabalhar autocuidado, higiene e solidariedade?

Aproveite o tempinho que temos com as crianças antes da paralisação para trabalhar o autocuidado, os hábitos de higiene e valores como solidariedade. Legendamos o filme da professora americana que demonstra para as crianças o poder do sabão contra os microrganismos.

Vídeo Lavagem de Mãos

Estamos atravessando tempos difíceis que devem ser enfrentados por todos: mulheres, homens, crianças e idosos. As escolas estão sendo fechadas para diminuir a propagação do corona vírus. Contudo, em algumas localidades, as escolas deverão funcionar nos próximos dias para cumprir o papel fundamental que lhes cabe nesta situação: educar crianças e famílias para conter a propagação da doença.

A situação é grave, mas não deixa de ser uma oportunidade para trabalhar questões curriculares que cabem no contexto e ganham significado: hábitos de higiene, autocuidado e solidariedade.

Aproveite este período para:

  • brincar com água e sabão, lavando as partes do corpo, dando banho nas bonecas e pesquisando as propriedades dos materiais, como no vídeo que está sendo compartilhado na internet e que tivemos o cuidado de legendar para os nossos leitores;
Filme legendado – higiene com sabão
  • ensinar a etiqueta do cumprimento, da tosse e do espirro, que hoje se faz necessária;
  • trabalhar o cuidados com os idosos, construindo e combinando estratégias para interagir de longe com avós e parentes debilitados;
  • orientar familiares e responsáveis sobre as recomendações das secretarias de saúde.

A dica é incluir as crianças na situação, explicando e dando-lhes oportunidade para pensar, opinar e criar soluções para os problemas. Com isso, mais do que comportamentos repetidos, buscamos construir experiências significativas, aprendizagens e a vivência de valores

1 comment

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.